Smile Flame cria projetos divertidos para impactar a vida das pessoas Campeonato de skate dentro de um asilo, corrida maluca de cadeira de rodas são exemplos das iniciativas elaboradas por um grupo de publicitários

Caçadores de Bons Exemplos: smile flame; como será? (Foto: Globo)Smile Flame nasceu a partir de um desejo de impactar positivamente a sociedade com projetos originais (Foto: Globo)

Campeonato de skate dentro de um asilo? Corrida maluca com cadeirantes disputando o primeiro lugar? Pode isso? Sim, claro. Os responsáveis são jovens publicitários, que decidiram trabalhar para melhorar a vida das pessoas de uma maneira original, criativa e que fosse estimulante. OsCaçadores de Bons Exemplos foram conferir de pertinho o que essa galera faz.

 Daniel Mattos é cofundador da iniciativa Smile Flame e decidiu ir além do seu papel de diretor de arte numa agência de publicidade:

— Me formei em Publicidade e Propaganda e tinha aquele tesão em ser um grande diretor de arte, de ser um cara admirado. Trabalhava bastante, virava noites, mas, depois de um tempo, comecei a refletir sobre que pessoas eu estava impactando pelo meu trabalho e por que eu estava impactando. A partir desse processo de reflexão, parei e comecei a criar projetos diferenciados dentro da própria agência. Projetos que pensavam mais nas pessoas. Todos adoravam lá na agência, mas eles nunca saíam do papel.

Daniel, então, decidiu não só criar os projetos, mas se comprometeu a produzi-los.

Um dos projetos pensados pela trupe é o Skate no Asilo, onde os moradores de uma instituição são jurados de uma competição do esporte. Além de avaliar as manobras, os idosos comem pipoca, algodão doce e curtem o som de um DJ, que capricha no set list recheado de sucessos dos anos 1950/60. Assim, o dia passa leve, alegre e cheio de diversão.

Outro projeto idealizado é a Corrida Maluca de Cadeirantes. As crianças podem transformar suas cadeiras de rodas em uma carruagem, por exemplo, ou uma biga ou até mesmo um castelo.

— É isso que nos move e nos faz levantar todos os dias com um sorriso de orelha a orelha — resume Daniel.

fonte: http://redeglobo.globo.com/como-sera/cacadores-de-bons-exemplos/noticia/2015/11/smile-flame-cria-projetos-divertidos-para-impactar-vida-das-pessoas.html

 

‘Clapp-in’ avalia acessibilidade

clapp-in

‘Clapp-in’ é um aplicativo que acaba de chegar ao mercado e que promete ‘dar voz’ às pessoas com deficiência no que diz respeito à acessibilidade de espaços públicos e privados.

Disponível apenas no Google Play (as versões para Apple Store e Windows Phone estão em produção), o software tem uma lista de itens a serem avaliados e permite ao usuário ‘aplaudir’ ou não o local escolhido. Rampas, elevadores, sinalizações, traduções em Libras, versões em Braile, audiodescrição e outros aspectos estão incluídos.

“A principal vocação desta iniciativa é servir de ferramenta para que as pessoas possam compartilhar suas notas e opiniões. A ideia é fomentar a melhoria dos serviços e estimular turismo e lazer, em suas diversas vertentes. O papel social do aplicativo é promover a inclusão das pessoas com deficiência”, diz Dirceu Pereira Junior, diretor executivo da Áurea Editora.

O app é integrado com o Google Maps, o que permite marcar os locais visitados.

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

Saiba mais:

http://clapp-in.com/

http://blogs.estadao.com.br/vencer-limites/clappin/

Carnaval 2014 em Guarulhos será de Inclusão

camarote-fica-no-praca-do-carmo

A programação para o Carnaval 2014 já começou e conta com desfiles de blocos, escolas de samba e também os tradicionais bailes com marchinhas carnavalescas. Todos os eventos serão realizados pela Secretaria de Cultura e terão entrada gratuita.
Em parceria com a Liga Guarulhense de Escolas de Samba (Liesg), a Prefeitura promete, a exemplo do que aconteceu no ano passado, um carnaval com palanque acessível para que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida possam aproveitar o espetáculo com comodidade.
Para assistir aos desfiles, que acontecem no sábado, domingo e segunda-feira, dias 1º, 2 e 3 de março a pessoa com deficiência contará com camarote específico, além do apoio das Secretarias da Saúde, Transportes e Trânsito e Segurança. O acesso ao camarote só será permitido a pessoas com deficiência e um acompanhante.
O local do desfile será o mesmo utilizado no ano passado, a avenida Joaquina de Jesus, s/nº. Participarão este ano seis blocos, seis escolas do Grupo de Acesso e seis escolas no Grupo Especial.
O encerramento acontece na segunda-feira (3) com as apresentações das escolas do Grupo Especial a partir das 21 horas. A noite terá Caprichosos da Vila, Parque Cecap, Império do Samba, Unidos da Vila Tijuco, Vai Quem Fica e Imperatriz do Morro.
Fonte: http://www.guarulhos.sp.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=14494:carnaval-2014-em-guarulhos-sera-de-inclusao&catid=36:destaque-principal&Itemid=56

 

 

João Pessoa (PB) disponibiliza camarote para que pessoas com deficiência

3carnaval-olinda-20101

O espaço é estruturado com rampas de acesso, banheiros adaptados para a pessoa com deficiência, que poderá prestigiar o evento levando um acompanhante.

Programa de Inclusão e Cidadania para Pessoas com Deficiência daPrefeitura Municipal de João Pessoa instalou um camarote especial na Via Folia para garantir o acesso de todos aos eventos públicos. O espaço, que tem capacidade para até 40 ocupantes, fica localizado em frente ao supermercado Pão de Açúcar, na avenida Epitácio Pessoa.

O acesso ao camarote é simples. Basta que a pessoa se identifique para o guarda municipal, que estará na entrada do local, informou o assessor técnico do programa, Thiago Diniz. “A ação de inclusão social daspessoas com deficiência teve início na festa de São João da Prefeitura, no ano passado, e deu muito certo. O que a Prefeitura pretende com essa iniciativa é garantir o direito de todos”, afirmou.

O espaço é estruturado com rampas de acesso,banheiros adaptados para a pessoa com deficiência, que poderá prestigiar o evento levando um acompanhante. A coordenação do programa de inclusão da PMJP se preocupou também em disponibilizar 10 vagas de estacionamento para pessoas com qualquer tipo de deficiência. Estas ficam ao lado da igreja Nossa Senhora de Fátima, em Miramar.

“O turista que tiver qualquer tipo de deficiência também poderá subir no camarote para assistir a passagem dos blocos. Basta, para isso, apresentar a carteira com foto”, acrescentou Thiago Diniz.

Fonte: Prefeitura de João Pessoa

http://vidamaislivre.com.br/noticias/noticia.php?id=8549&/joao_pessoa_pb_disponibiliza_camarote_para_que_pessoas_com_deficiencia_participem_do_carnaval

 

Carnaval do Rio tem bloco para crianças com deficiência

SAMBA5

O carnaval deste ano no Rio de Janeiro traz uma novidade. É a Ala Eficiente, idealizada pela jornalista Bruna Saldanha com o objetivo de incluir nos festejos sua filha Izabel, de cinco anos, portadora de paralisia cerebral, e outras crianças que apresentem algum tipo de deficiência. Ela quer mostrar  que crianças e adultos com deficiências podem ter uma vida normal. Por isso, decidiu integrá-las ao carnaval, que é uma festa popular e que faz parte do cotidiano da população.

A Ala Eficiente faz sua estreia no carnaval de 2014 integrando o Bloco dos Mendigos, criado há dez anos por ex-alunos do extinto Colégio Pernalonga/Isa Prates,  do Arpoador, zona sul da cidade, onde Bruna também estudou. “Tive a ideia de fazer um bloco inclusivo, mas como não ia dar tempo de eu correr atrás de tudo para esse carnaval, entrei em contato com os diretores do bloco e eles sugeriram fazer a ala”, disse Bruna à Agência Brasil.

Bruna escreveu um livro sobre a filha, no final do ano passado, e está sempre procurando fazer algo em prol de crianças com deficiência. “Estou cada vez mais com um olhar voltado para isso. Resolvi fazer uma marchinha sobre inclusão de pessoas com deficiência”, contou. Acabou surgindo a ideia do bloco, que ela espera conseguir  transformar em realidade já a partir do próximo ano, convertendo a atual ala em um  Bloco Eficiente.

O Bloco dos Mendigos, com a Ala Eficiente, desfila hoje (22) às 13 horas, pelo Arpoador. A concentração está marcada para começar na Rua Bulhões de Carvalho, esquina com a Rua Gomes Carneiro, entre os bairros de  Copacabana e Ipanema. Bruna espera que pelo menos 50 pessoas portadoras de alguma deficiência participem do desfile da Ala Eficiente.

Adalberto  Monteiro, um dos cinco fundadores do Bloco dos Mendigos, explica que o nome é utilizado por eles desde quando tinham 15 ou 16 anos e serve para mostrar que seus integrantes “nunca ligaram muito para a questão da aparência”. Segundo ele, “é um contraste com osplayboys da zona sul”.

Editor: Davi Oliveira

Fonte:

http://www.ebc.com.br/cultura/2014/02/carnaval-do-rio-tem-bloco-para-criancas-com-deficiencia-brincarem

 

TÁXI ACESSÍVEL

 

Táxi

Empresas que possuem táxi acessível

Empresa Telefone
Alô Táxi (empresas associadas à Adetax) 3229-7688
Assoc. Super Táxi dos Taxistas Aut. 3982-6414
Atasp Radio Taxi Ltda ME 3066-5050
BR Táxi Comum Rádio Táxi Ltda ME 3385-0777
Italtaxi e Turismo Ltda ME 5058-8300
Reggio Car Locadora Ltda 5058-8777
Sila Car Locadora Ltda 5058-8777
Victoria Comum Rádio Táxi 3857-3277 / 3066-5050

Sugestões / Reclamações dos serviços de táxi acessível:
Departamento de Transportes Públicos – DTP
Serviço de Atendimento ao Cidadão – SAC
2291-5416 / 2692-3302 / 2692-4094


Identidade Visual para Táxi Acessível

images (1)

Portaria n.º 149/08–SMT.GAB

Especifica a identidade visual para o táxi acessível, destinado ao transporte de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

 Leia a Portaria na íntegra (arquivo PDF – 30Kb)
– Identidade Visual para Táxi Acessível  (arquivo JPG – 364 Kb)

taxi acessivel
Manual dos requisitos básicos para táxi acessível

Mais informações:

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/transportes/autorizacoes_especiais/index.php?p=230

 

Programa Ler Pra Crer

elefante-braile

 

Projeto lançado em 2006, com a intenção de implantar mecanismos que permitam às pessoas com deficiência visual e auditiva o acesso a acervo de títulos/ conteúdos físicos e digitais em formato acessível (audiolivros e livros em braile).

ler_pra_crer_1267709765

A atuação do Projeto inclui:

– Divulgação e ampliação de acervo acessível das Bibliotecas Municipais.

– Disponibilização de equipamentos de Tecnologia Assistiva para acesso à leitura no Centro Cultural São Paulo.

– Ampliação do número de Telecentros com softwares leitores de tela e acesso.

– Títulos em audiolivros e revista Veja falada.

Curso de Libras para profissionais da Rede Municipal de Ensino.

– Disponibilização de dicionários trilíngue a todos os alunos com deficiência auditiva e surdos da Rede Municipal de Ensino.

Confira:

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/noticias/?p=2110