Professora dedicada para educação de alunos com deficiência auditiva e ensinar libras para famliliares

Elisangela Pinho tem 40 anos e sonhava em ser professora. Ela alcançou esse objetivo, mas durante a trajetória na faculdade, Elisangela conheceu uma disciplina que despertaria nela um novo sonho: trabalhar com deficientes auditivos. Mais do que isso, ela almeja ter uma ONG para atender tanto ao surdo quanto ensinar a linguagem de sinais para a família.

No bate-papo entre Elisangela e o coachFábio Di Giacomoo, ele percebe que mesmo em meio a frustrações e dificuldades, a professora não abriu mão de realizar seu sonho. Durante os exercícios, Elisangela se emociona e se mostra mais encorajada a alcançar esse novo objetivo, deixando os medos para trás (confira o vídeo ao lado).

Ao lado de Tatiana dos Santos, professora de Libras na Federação Nacional  de Educação e Integração dos Surdos de São Paulo, Elisangela  acompanha uma aula de Libras para ouvintes e é convidada a ocupar o lugar de professora Tatiana. Ela topa o desafio e percebe a diferença entre ensinar para um aluno ouvinte e para os alunos do curso de Libras.

A professora Tatiana dos Santos que supervisionou Elisangela, afirma que ela tem tudo para ser uma ótima professora de Libras. Ela precisa apenas trabalhar a segurança, emocionalmente e fisicamente, e deixar o nervosismo de lado. Será que depois de experimentar na prática o ensino para surdos, ajudou Elisangela a se decidir?

Fonte: http://www.redeglobo.globo.com/como-sera/noticia/2015/05/professora-sonha-em-se-dedicar-criancas-com-deficiencia-auditiva.html